20 fevereiro 2018

Como cuidar do couro sintético?


Ei, tudo bem?

O couro sintético está cada vez mais nas lojas, seja pelo custo ou por motivos ambientais. E como conservar esse material? Até porque bolsas/mochilas/malas requerem cuidados, limpezas e manutenções, não é só usar, pendurar ou guardar. Com os cuidados certos elas tem tudo para ter uma boa e longa duração.

Dicas rápidas e simples.

Lembre-se: Tudo que endurece o couro, prejudica a bolsa, por se tratar de um revestimento.

- Evite carregar muitos objetos. A sua bolsa/mochila deve ser leve.

- Guarde-as em sacos TNT pretos e azuis. Evite local úmidos por causa do mofo.

- Essa dica vale ouro (kkk), para limpá-las utilize sabonete Dove (marca) pois ele hidrata e conserva a maciez; Também tira manchas de canetas.

- Talco suga óleos, então se cair qualquer natureza de óleos em sua bolsa, em seguida, coloque um pouquinho em sua bolsa/mala/mochila.

- Usos de produtos químicos ressecam e danificam o material, nunca use acetona ou álcool para limpeza; Para limpar é só usar um paninho úmido com água e secar logo após com um pano seco.

- Aplique aquelas pomadas para calçados em suas bolsas, ele dá brilho.

- Sempre, eu disse sempre, coloque suas mochilas/malas em local arejado para evitar proliferações de fungos, e assim evitar também mofos e bolor; Nunca coloque-as exposta ao Sol, isso resseca o tecido rapidamente, se possível sempre na sombra.

- Suor pode enrijecer o material e fazer com que suas bolsas descasquem (Evite contato com a pele).

- Não coloque suas bolsas do mesmo material perto, as peças sintética são como plásticos, elas podem grudar se ficarem próximas (causando defeito na mesma).



Não disse que seria dicas rápidas e práticas (hahaha), promessa é dívida, né?!

Agora me conte você aqui em baixo, os cuidados que toma com o couro sintético. Vou amar saber.

Nosso site: Blitzfeminina
Retiramos algumas informações:todavoce

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo